sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Hoje...




Hoje quero pensar na palavra que não foi dita. Quero uma história para dormir e um final além do feliz para sempre.
Hoje quero, apenas, um faz-de-contas que acontece. Quero andar na estrada de tijolos amarelos, bater os sapatos vermelhos e fazer um pedido. Peço a senhorita Vida uma dose de coragem e um pouco de amor para espantar as saudades.

Amores ...me esperem!

3 comentários:

doiSabores disse...

esperam... cheios de saudades:)
Beijos

As Lucky Girl disse...

que lindo!

Feiticeira Caliente disse...

passando pra fazer uma visitinha
bjs

Blog Widget by LinkWithin